2 de abr de 2012

Simplesmente você

Sem você
É impossível viver,
Pois no mundo
Estou para te ter (entorpecido)
Ter!
Ter!
Ter sempre você!

Sem você
A liberdade existe
Pois seu mundo
Me aprisionou (entorpecido)
Preso!
Preso!
Preso em você!

Com você
Tenho tudo na mão,
Pois seu mundo
Criou-se na ilusão (entorpecido)
Iludido!
Iludido!
Iludido por você!

Com você
Vendo minha existência,
Pois no mundo
Meu suor é moeda (corrompido)
Moeda!
Capital!
Ar que eu respiro
Mundo que abomino
Simplesmente por ter
Que ter você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário